Blog

Anulação de suspensão do direito de dirigir

03 de dezembro

A suspensão da CNH é uma dentre as muitas penalidades concedidas para quem viola as leis do código de trânsito brasileiro (CTB). Entretanto, dependendo da circunstância, nem sempre esse tipo de penalidade é justa, variando de caso para caso.

 

Neste artigo, iremos te explicar os motivos que ocasionam esse tipo de punição e quando é recomendado entrar com um processo de anulação da suspensão do direito de dirigir, acompanhe a seguir!

 

O que é a suspensão da CNH

 

Quando um indivíduo tem a CNH suspensa, significa que ele não poderá conduzir nenhum veículo por um prazo determinado, variando entre 6 meses e 1 ano.

A suspensão é uma punição que o condutor pode sofrer ao acumular 20 pontos em sua CNH ou cometer infrações autossuspensivas.

As infrações autossuspensivas são todas aquelas de natureza gravíssima e constituem um grupo que tem a suspensão do direito de dirigir entre as suas penalidades específicas no CTB. São elas:

  • Dirigir embriagado;
  • Recusar teste do bafômetro;
  • Deixar de prestar socorro;
  • Disputar racha;
  • Usar veículo para interromper, restringir ou perturbar a circulação da via;
  • Efetuar manobra perigosa ou dirigir ameaçando veículos e pedestres;
  • Dirigir moto sem capacete ou transportar passageiro sem o capacete de segurança;
  • Dirigir moto com os faróis apagados;
  • Transportar, na moto, criança menor de sete anos;
  • Fugir de bloqueio policial;
  • Dirigir em velocidade acima de 50% da máxima permitida;
  • Forçar passagem entre veículos transitando em sentidos opostos.

 

É possível conferir detalhadamente essas e outras infrações acessando o CTB DIGITAL.

 

O processo de Anulação da suspensão do direito de dirigir

 

Como já mencionado, nem sempre a suspensão do direito de dirigir é justa, pois, o sistema que determina esse tipo processo pode cometer erros.

 

Por exemplo, digamos que você recebeu uma multa referente a uma infração de trânsito por excesso de velocidade. Você possui 17 pontos acumulados e essa nova multa somou 20 pontos essenciais para a abertura de um processo de suspensão.

 

Talvez você estivesse dentro das normas determinadas para aquela via, porém, o aparelho que registra a velocidade, também conhecido como radar de trânsito, estava danificado e acabou registrando a sua velocidade de uma forma inadequada.

 

Se você sofreu essa penalidade e se sentiu injustiçado, é possível recorrer a suspensão da CNH.

 

Lembre-se, é muito importante contar com um advogado nesse momento, uma vez que, esse profissional poderá utilizar as ferramentas necessárias e adequadas para dar início nesse procedimento.

 

Conheça um  caso de sucesso da Machado Guedes referente a uma Anulação da suspensão do direito de dirigir, basta clicar aqui.

 

Converse pelo Whatsapp

Entraremos em contato assim que possível.